Paulinho Mocidade venceu três concursos de samba-enredo pela Mocidade Independente.
As obras entraram para a história da agremiação e do carnaval brasileiro.


"Como era Verde o meu Xingu" - 1983
Autores: Paulinho Mocidade, Dico da Viola, Adil, Tiãozinho da Mocidade


"Elis um Trem de Emoções" - 1989
Autores:Paulinho Mocidade, Dico da Viola e Cadinho


"Sonhar não Custa Nada, ou Quase Nada..." - 1992
Autores: Paulinho Mocidade, Dico da Viola, Moleque Silveira


Moleque Silveira, Dico da Viola e Paulinho Mocidade

Voltar